Série Gigante

Séries Gigantes de Musculação
Sem Título-3

É bem simples entender como funciona uma Série Gigante.

Seleciona-se mais que dois exercícios, normalmente de três a quatro, executando-os um após o outro, com o mínimo de intervalo possível. Em geral, não se descansa mais que trinta segundos, tempo normalmente suficiente para sair de um exercício e iniciar outro. É, na verdade, uma série combinada maior em número de exercícios.

É mais eficiente e seguro seguir exercícios que, progressivamente, envolvam menor ação dos músculos estabilizadores, ou seja, progredir de exercícios com Halteres para exercícios com barra e, finalmente, em uma máquina com placas ou alavancas que se utilizam de uma charneira. Exemplos:

Séries Gigantes de Musculação

  • Supino com Halteres;
  • Supino com Barra;
  • Supino na Máquina

Ou:

  • Rosca Alternada com Halteres;
  • Rosca Direta na Barra
  • Rosca Scott na Máquina

Observe que, a cada exercício, menos músculos estabilizados são acionados. Ainda há a possibilidade de modificara angulação para o mesmo grupo muscular, por exemplo:

  • Supino Inclinado com Halteres
  • Supino Reto com Barra
  • Supino Declinado em Máquina de Alavanca Convergente

Ou:

  • Levantamento Lateral com Halteres
  • Desenvolvimento em Máquina de Alavanca Convergente
  • Remada Alta no Pulley Baixo

Referências: Musculação: Intensidade Total – Prof. Waldemar Guimarães