Músculos Agonistas e Antagonistas – Qual a Diferença?


Agonistas e antagonistas são músculos que atuam em direções opostas. Os músculos agonistas reagem em resposta a um estímulo voluntário ou involuntário, e criam o movimento necessário para concluir a tarefa. Os músculos antagonistas agem contra a ação agonista e ajudam a mover a parte do corpo trabalhada de volta ao local de origem após a execução do movimento.

Para que você entenda melhor, pense em algum exercício de bíceps, como a rosca direta, por exemplo. Nesse exercício, a ação executada trabalha o bíceps, que nesse caso é o musculo agonista; por outro lado, o músculo contrário à ação, que faz com que a parte do corpo trabalhada volte ao local inicial, é o tríceps, que nesse caso é o músculo antagonista. Agora, se você imaginar um exercício de tríceps, os músculos agonistas e antagonistas invertem o lado, fazendo com que o tríceps seja o músculo agonista e o bíceps o músculo antagonista.

Músculos Agonistas e Antagonistas

Portanto, dependendo do movimento necessário, um músculo pode ser agonista em um exercício e antagonista durante outro tipo de ação. O agonista sempre contrai para iniciar o movimento, e o antagonista estica para permitir a circulação.

Ainda existem outros tipos de músculos que ajudam na execução de movimentos, mas isso é um assunto para outro artigo, até lá!

Seu objetivo é ganhar massa muscular? Clique aqui e aprenda a fazer 3 incríveis receitas para ganhar músculos...