Estúpido Erro com Carboidratos – Não Faça Isso!

Carboidratos e Musculação
Sem Título-3

Ontem encontrei um relato muito interessante de um competidor não muito conhecido, chamado Mike Westerdal. Ele tem um blog de musculação em inglês e dá umas dicas legais por lá. Acompanhe a tradução abaixo…

“Neste final de semana vou competir no primeiro torneio sério depois da minha lesão em 2010. Naquela época eu estava muito forte, pesando 115kg. 

Porém, graças a minha lesão eu decidi fazer uma pausa nas competições por um tempo, além de perder 20kg extras que eu estava carregando.

Para perder peso eu cortei quase toda a minha ingestão de carboidratos.

E funcionou! Eu realmente perdi os 20kg, mas perdi outra coisa também…Minha força! Eu fiquei muito, muito mesmo, mais fraco do que antes. E isso influenciou diretamente no desempenho dos meus treinos.

A princípio, eu pensei que a perda de força ocorreu pela grande quantidade de peso que eu perdi em pouco tempo. Mas acabei percebendo que isso não era verdade.

Poucos meses atrás, eu decidi começar a treinar pesado novamente, com o objetivo de ficar tão forte como antes, mas ficando na faixa de peso dos 95kg (20 a menos do que tinha quando estava bem forte).

Mas, adivinhem!? Não funcionou…

O problema foi que eu ainda estava seguindo a dieta pobre em carboidratos que eu usei para perder peso. O meu consumo de carboidratos era tão baixo que eu não tinha as forças que precisava para levantar os pesos pesados que eu levantava antes.

Carboidratos e Musculação

Então, meu tio disse para acrescentar duas enormes batatas doces em minha alimentação diária. Isso não aumentaria apenas a quantidade de carboidratos absurdamente, como também a quantidade calórica em comparação a minha dieta atual.

Eu pensei que iria ganhar uma tonelada de gordura e voltaria aos 115 kg. Mas ao contrário do que eu pensava, uma coisa engraçada aconteceu…

Com a adição das batatas doces, minha força subiu bastante, voltando praticamente ao que era antes, e eu continuava perdendo gordura corporal.

Eu estava ficando mais magro comendo mais carboidratos! Essa é a prova que comer os tipos certos de carboidratos na HORA CERTA, faz toda a diferença do mundo.

E isso não aconteceu por falta de aviso…

Enquanto estava na minha luta para perder peso, um treinador bem conhecido chamado John Romanellio me alertou sobre os efeitos de uma dieta pobre em carboidratos…

Mas quem é que nunca aprendeu as coisas fazendo burradas, não é mesmo.”

Realmente não é difícil encontrar pessoas que relatam fraqueza quando estão em dietas pobres em carboidratos. Portanto, como aconteceu com o Mike, também acredito que o ideal é comer os carboidratos certos nos momentos certos. Claro que existem diversas variações de dietas com resultados comprovados, mas cortar os carboidratos, pelo menos no meu entendimento, não é a melhor opção.