Como Medir a Composição Corporal

Como Medir a Composição Corporal
Sem Título-3

A composição corporal é a proporção entre os componentes corporais da massa magra (músculo) e a massa gorda (gordura corporal).

Os valores de tais porcentagens adquiridos através de uma antropometria feita por um profissional da saúde, são de grande importância, visto que a relação da massa magra com a gordura corporal tem uma grande relação com a aptidão física e o desempenho esportivo.

A medição da composição corporal é de grande importância para o nutricionista quando for feito o plano alimentar, pois permite visualizar a distribuição da composição corporal e com isso elaborar estratégias nutricionais para melhorar os parâmetros.

Existem vários métodos para determinação da composição corporal, podendo ser citados estes como os mais utilizados: Dobras cutâneas, Bioimpedância elétrica, DEXA e Pesagem hidrostática.

Como Medir a Composição Corporal

Dobras cutâneas: utiliza-se um adipômetro para a mensuração e de dois a nove locais de medidas no corpo. É um método que estima o percentual de gordura, e isto vai depender do grau de habilidade do avaliador, sendo que uma vez feito com o profissional, para uma melhor comparação, tem-se que se fazer sempre com o mesmo, já que as medidas se diferenciam de avaliador para avaliar, como também o método de equações a ser utilizado.

Bioimpedância elétrica: esta é a única que conta com equações específicas para sujeitos obesos, o que pode significar uma vantagem sobre a outra técnica citado acima. Hoje em dia a Bioimpedância elétrica está acessível aos que desejam conforto e um resultado mais preciso e menos invasivo, além do valor está mais adequado comparado aos anos anteriores. Porém, é importante salientar que existem pré-requisitos para se fazer a avaliação, dos quais, efetuar um jejum de 4 horas antes do teste, não praticar atividade física um dia antes, não ingerir bebidas alcoólicas 2 dias antes do teste, não ingerir estimulantes e nem diuréticos.

DEXA: É considerada uma técnica avançada para medir a densidade do osso e avaliar a composição corporal. A medida é feita com o indivíduo deitado em decúbito dorsal, por uma série de varreduras transversas a partir da cabeça até o pé. Não é preciso nenhum preparo ou requisito especial para a execução do exame. É pouco utilizado pelo seu alto valor financeiro.

Pesagem hidrostática: Também conhecida como pesagem subaquática, onde todo o corpo é mergulhado na água. Foi-se muito usado e considerado uns dos métodos ouro.

Vale ressaltar que o maior avaliador da composição corporal, sem custo nenhum, ainda é o espelho. Onde você mesmo pode está fazendo esta avaliação. 

Dr. Kadu Martins
Nutricionista Especializado em Nutrição Esportiva

CRN – 34187 SP