Benefícios da Colina


A colina é uma peça-chave para os impulsos nervosos adequados, portanto os pesquisadores concluíram que ela pode ajudar a reduzir os efeitos da perda de memória em decorrência da idade avançada, a melhorar o tempo de reação e a reduzir a fadiga. Você pode encontrar boas fontes de colina em gemas de ovos, carne vermelha, fígado, couve-flor, repolho, alface, grãos, legumes e nozes.

Se o seu objetivo for manter o cérebro afiado, melhorar o resultado dos exercícios, manter bons níveis de colesterol ou apenas favorecer a saúde do seu fígado, a colina é um nutriente recomendado pela ciência. Ele garante a saúde do fígado melhorando o metabolismo da gordura no órgão, realça a energia estimulando impulsos nervosos e aprimorando o tempo de reação e melhora a memória ao acelerar a formação e a integridade das membranas celulares no cérebro.

Colina - Alimentos Ricos em Colina - Nutriente

Pesquisadores perceberam quedas significativas nos níveis de colina no sangue logo após exercícios intensos e concluíram que essa queda está associada à fadiga muscular e à performance prejudicada. Vários estudos confirmaram que a queda dos níveis de colina resultou em impulsos nervosos mais lentos, tempo de reação mais lento e aumento da fadiga.

Em um estudo, corredores que ingeriram suplementos com colina excluíram em média 5 minutos de seu tempo num percurso de 32km. Em outro estudo, os nadadores que ingeriram suplementos com colina melhoraram seu tempo quando comparados ao grupo que ingeriu placebo.

Se o seu objetivo inclui aguçar o funcionamento do seu cérebro, melhorar sua energia para os exercícios, proporcionar bons níveis de colesterol ou apenas manter o fígado saudável, a colina pode ser seu suplemento. Ela é comercializada como multivitamínico ou complexo-B, e a ciência recomenda.

Fonte: Guia de Suplementação Alimentar – Bodygenics

Seu objetivo é ganhar massa muscular e definição corporal? Clique aqui para conhecer um método que pode te ajudar...