≡ Menu

Gravei um Vídeo Mostrando Como Eu Perdi 8kg de Gordura e Ganhei 4kg de Músculos em Apenas 45 Dias, Comendo Só Coisas Gostosas…Veja como você também pode montar a sua Dieta Para Secar a Barriga e Definir os Músculos sem Passar Fome, Clicando Aqui

Aumentar os níveis de testosterona é uma das preocupações mais comuns dos praticantes de musculação e dos homens no geral…

As empresas de suplementos e farmacêuticas estão fazendo toneladas de dinheiro em cima de homens que estão tentando aumentar seus níveis de testosterona. A maior parte desse dinheiro são ganhos ilícitos, porque os suplementos são ou inúteis, ou potencialmente nocivos ou ambos.

A seguir, compartilharei com você 4 dicas para aumentar os seu níveis de testosterona, naturalmente, de forma fácil e muito rapidamente. Vamos lá!

.

.

4 Dicas Para Aumentar Seus Níveis De Testosterona

4-Dicas-Para-Aumentar-Seus-Níveis-De-Testosterona

Há algumas estratégias para você aplicar em relação a sua dieta, que têm sido comprovada aumentar os níveis de testosterona.

Aqui estão os 4 passos mais bem pesquisados e eficazes, para você aumentar seus níveis de testosterona e que irão te ajudar a ganhar mais massa muscular.

Observação: a ordem na qual eles serão exibidos não significa que o primeiro seja mais importante que o próximo… Todos possuem importância por igual.

1. Coma mais gorduras saudáveis

Estudos têm demonstrado que as gorduras mono e poliinsaturadas ajudam o seu corpo a criar mais testosterona e também ajuda a controlar os hormônios que atuam contra a testosterona.

Certifique-se de ingerir gorduras provenientes de fontes tais como o abacate, azeitonas e azeite de oliva, óleo de coco, nozes e sementes.

Além disso as gorduras animais também possuem ótimas fontes de gorduras saturadas que ajudarão na produção de testosterona no seu organismo.

Embora você possa normalmente tentar manter sua ingestão de gordura de 10 a 30% de sua ingestão calórica diária total, estudos têm demonstrado que uma dieta de menos de 40% de gordura vai realmente levar a uma queda nos níveis de testosterona.

Então, se estiver com baixas quantidades de testosterona, considere aumentar sua ingestão total até 40%, pelo menos, por um curto período de tempo.

2. Coma menos açúcar.

As pesquisas demonstram que os níveis de testosterona caem quase imediatamente após a ingestão de açúcar.

Isso se deve principalmente ao fato de que a ingestão de açúcar solicita a liberação de insulina, que é um hormônio anti-testosterona…

Se você realmente precisa elevar seus níveis de testosterona, corte o açúcar refinado, os alimentos ricos em amido, e limite suas frutas e legumes às escolhas principalmente de baixo índice glicêmico.

3. Obtenha suficiente vitamina D.

Muitas pessoas não se dão conta de que a vitamina D é realmente um hormônio esteróide. Ela aumenta a quantidade e viabilidade das células de esperma que também contribuem para o aumento da testosterona.

Infelizmente, estamos usando um monte de protetor solar nos dias de hoje, fugindo do sol, e muitos de nós estamos também limitando ou excluindo os laticínios…

E essas são as melhores fontes de vitamina D, e muitos de nós possuímos uma deficiência desta vitamina e nem percebemos isso…

Felizmente, há uma abundância de fontes não-lácteas de vitamina D também. Por exemplo: Óleo de fígado de bacalhau, peixes, ostras, cogumelos e ovos são excelentes maneiras de obter alguma vitamina D.

4. Obtenha suficientes quantidades de zinco.

Este mineral é absolutamente essencial para a produção de testosterona. Pesquisas mostram que o aumento de zinco em apenas seis semanas podem resultar em um aumento dramático nos níveis de testosterona.

Ao mesmo tempo, numerosos estudos provam que uma deficiência de zinco irá resultar numa diminuição dramática dos níveis de testosterona…

Os especialistas concordam que a dieta é melhor do que a suplementação quando se trata de zinco. Você pode obtê-lo a partir de leite, queijo, iogurte e kefir, mas, se você não ingere laticínios você também pode usufruir de boas quantidades de zinco comendo legumes e frutas tais como: banana, abacate, abacaxi, ameixa, laranja, limão, abóbora, alface, agrião, batata doce, brócolis, feijão, tomate, entre outros.


Diogo Costa é Personal Trainer e autor de diversos projetos online, entre eles o MassaMuscularAgora.com que você pode conhecer clicando aqui.