Kai Greene – Biografia

Kai Greene
Sem Título-3

Biografia de Kai Greene, um fisiculturista que sempre figura entre os melhores no Mr. Olympia. Kai Greene é famoso por sua força de vontade acima da média, além de suas apresentações carismáticas nos concursos.

Eu nasci dia 12 de julho, no Brooklyn, NY. Aos seis anos de idade, fiquei a margem da sociedade devido a um ambiente familiar conturbado. Passei os próximos 10 anos transitando entre lares adotivos e canais institucionais. Foi nesse ambiente que eu encontrei a musculação como o meu refúgio.


Lá no fundo da minha alma, existiam muitos talentos que poucas pessoas sabiam da importância, como o meu desejo ardente de ser um artista visual. Meus dois mundos encontraram uma forma de se interligar. Meu próprio corpo se tornou meu objeto de estudo. Tornei-me meu próprio modelo. Eu utilizei o meu próprio físico para ganhar uma maior compreensão de espaço e de movimento, criando obras de arte que se tornaram cada vez mais detalhadas e complexas ao longo do tempo.

Meu crescimento exponencial e desenvolvimento chamaram a atenção do meu professor de Inglês da 7ª série. Minha conduta escolar sempre foi muito abaixo das expectativas toleradas pela instalação que me abrigou, então fui apresentado à ideia de competir na adolescência. Por causa do meu entusiasmo e desejo de medir o meu físico em relação aos concorrentes da minha idade, a musculação se tornou a ferramenta de modificação de comportamento que impediria que eu fizesse parte da chamada “estatística”.

O início da minha carreira de fisiculturista me ajudou a construir confiança e comecei a acreditar que teria sucesso. Passei a maior parte do ensino médio viajando para disputar diferentes torneios, e só colecionava troféus. Após ficar em segundo lugar pela primeira vez em minha carreira, decidi fazer uma pausa para crescer realmente e voltar a emergir com uma força que ninguém jamais tinha visto.

Foi nessa época que fui apresentado ao que se tornaria minha casa: O Instituto de Educação do Competidor. Foi neste pequeno ginásio nos subúrbios de Brooklyn, NY, que eu conheci alguns dos atletas naturais mais impressionantes do mundo tinha a oferecer. Era aqui que eu conseguiria o conhecimento que me daria à munição necessária para destruir os maiores monstros da musculação.

Antes do meu aniversário de 19 anos eu virei pro com uma organização natural, e virei o mais jovem fisiculturista natural profissional do mundo. Meu estado pró permitiu-me tomar minha aspiração competitiva para um palco maior.

Ganhei todos os títulos profissionais que a organização tinha a oferecer. No verão de 1997, eu fixei minhas visões em obter reconhecimento profissional da IFBB. Foi trazido a minha atenção que, para ganhar status profissional, eu teria que primeiro me qualificar através da sua organização amadora, chamada NPC.

Minha carreira competitiva no NPC foi preenchida com sucesso misturado. Como um atleta natural, meu objetivo era ganhar o Team Universe e adquirir o estatuto de profissional com a IFBB através do Campeonato Mundial de Amadores. Em 1999, após duas tentativas frustradas, ganhei a categoria pesado e o título geral no Team Universe e fui convidado para competir no Mundial em Bratislava, na Eslováquia.


Reconhecendo que estava abaixo dos 40 melhores competidores do mundo, eu ainda estava decepcionado. Eu levei quatro anos para me reagrupar e continuar o meu interminável trabalho no desenvolvimento de meu físico. Eu estava determinado a tomar o meu lugar no ranking pro.

Os céticos disseram que eu não conseguiria, e eu comecei a acreditar neles. Eu voltei para a escola, focado no desenvolvimento de meu talento como artista, continuando a usar o meu próprio físico como minha ferramenta de aprendizado artístico. Continuei a fazer o que sempre me trouxe grande conforto e sensação de estabilidade e consistência, eu treinei e treinei duro, mas não com o propósito de qualquer coisa, somente alcançar minha própria paz de espírito.

Em 2004, foi trazido a minha atenção que o NPC Team Universe tinha se tornado uma Pré-qualificação para o IFBB. Embora eu estivesse afastado do cenário competitivo por cinco anos, eu prometii a mim mesmo que voltaria a recuperar o meu título do Team Universe e subiria para as fileiras IFBB pro. Como resultado de minha dedicação e vontade de superar as probabilidades que cada vez estavam mais contra mim, cheguei ao torneio para fazer estragos. Em Agosto de 2004, os juízes reconheceram o físico que construí por tantos anos e venci por decisão unânime. Finalmente, meu dia tinha chegado. Depois de 16 anos, fiz a transição para as fileiras IFBB Professional.

Referências: kailgreene.com