≡ Menu

Gravei um Vídeo Mostrando Como Eu Perdi 8kg de Gordura e Ganhei 4kg de Músculos em Apenas 45 Dias, Comendo Só Coisas Gostosas…Veja como você também pode montar a sua Dieta Para Secar a Barriga e Definir os Músculos sem Passar Fome, Clicando Aqui

Uma curiosidade muito comum entre os praticantes de musculação é de saber quantas séries precisam fazer por grupamento muscular. Seria 1, 3, 4, 5? Enfim, neste artigo darei maiores respostas sobre este assunto. Confira!

Quantas Séries Fazer Por Grupamento Muscular?

Quantas-Séries-Fazer-Por-Grupamento-Muscular

Segundo o Dr. Belmiro Salles:

“De acordo com as recomendações atuais para força e hipertrofia, seriam recomendadas de 1-3 séries por grupamento muscular para iniciantes, 3-5 para intermediários e 5 ou mais para avançados (ACSM, 2009).”

Então, por exemplo, digamos que você seja um praticante avançado, e faça 3 exercícios para peitoral em um dia de treino e fosse optar em fazer 6 séries por grupamento muscular, isso daria em torno de 2 séries para cada exercício que fosse fazer de peitoral…

Porém, ainda segundo o Dr. Belmiro Salles:

“Números de séries comumente utilizados e eficientes vistos na prática, envolvem de 1-8 séries para iniciantes e intermediários, de 8-12 para treinados e 12 ou mais para indivíduos altamente treinados.”

Então, se pegarmos um indivíduo treinado, que fosse realizar 3 exercícios de peitoral, e fosse fazer 12 séries por grupamento muscular, então, isso daria 4 séries por exercício de peitoral que ele fosse fazer.

Agora, leve em consideração que isso não é uma receita de bolo, e as coisas não são tão engessadas…

Muita coisa deve ser considerada para se decidir qual o número de séries totais por grupamento muscular deve-se fazer em um treinamento…

Estas coisas são:

 – Nível de condicionamento (iniciante, intermediário, avançado);

– Objetivos a serem atingidos (saúde, emagrecimento, hipertrofia muscular);

– Tempo disponível para treinar;

– Nível de energia, disposição no dia do treino;

– Disponibilidade dos equipamentos;

– Nível de interesse do praticante por treinar;

– Individualidade de cada um;

– Nível de intensidade do treinamento;

Entre outras considerações…

Você verá por aí vários exemplos e situações diferenciadas para a aplicação de séries por grupamento muscular…

Por exemplo, o fisiculturista Phil Heath utiliza de 20 a 30 séries por grupamento muscular!

Já o lendário Dorian Yates utilizava 6 a 8 séries por grupamento muscular.

Por fim, uma quantidade total de menos de 12 séries por grupamento muscular, parece ser a mais sensata para a grande maioria das pessoas que praticam musculação, principalmente visando ganhar massa muscular.

Agora, caso você seja um atleta, um fisiculturista, aí pode ser que precise (ou não) fazer mais séries totais por grupamento muscular para conseguir alcançar o resultado que deseja.

Sempre recomendo que converse com seu treinador, instrutor de musculação, para juntos analisarem o que é melhor para você levando em consideração todas as coisas que precisam serem analisadas conforme eu citei anteriormente.

Fonte: Dr. Belmiro Salles – Postagem no facebook


Diogo Costa é Personal Trainer e autor de diversos projetos online, entre eles o MassaMuscularAgora.com que você pode conhecer clicando aqui.