bannerfogo_300x250

Existem diversos tipos de treinamentos diferentes que geram bons resultados quando o assunto é ganhar massa muscular. Não existe apenas um treino ideal. Você pode se dar bem aplicando diversos conceitos diferentes.

Porém, será que existe alguma coisa em comum entre todos esses tipos de treinamento?

Sim, existe! E é isso que veremos agora.

Para ganhar massa muscular, você precisa dar um bom motivo ao seu corpo para que isso aconteça, caso contrário, seu objetivo não será alcançado. Vamos ilustrar a situação com um exemplo:

Imagine que no seu trabalho você tenha que levantar caixas pesadas. Vamos supor que até então você era uma pessoa sedentária, e não estava acostumado a levantar pesos. No seu primeiro dia de trabalho, você vai notar que é muito difícil levantar as caixas. Você terá que parar para descansar repetidamente, pois o seu corpo não está acostumado com o estresse que você está gerando. Seus braços estão queimando, suas costas estão doendo, e você já pensa em desistir. Porém, com o passar dos dias, você percebe que as caixas que eram tão pesadas há pouco tempo, hoje estão mais leves, e você consegue dar conta do trabalho tranquilamente.

Isso acontece por que nós temos uma ferramenta perfeita, chamada corpo humano.

Nosso corpo tem a incrível capacidade de se adaptar as dificuldades. Sendo assim, quando o expomos a uma situação estressante, como carregar caixas pesadas, ele entra em ação evoluindo até o ponto onde carregar a mesma caixa não seja mais uma tarefa difícil. Essa evolução inclui ficar mais forte e ganhar músculos que possam suportar essa carga.

A relação entre o treinamento com sobrecargas e o crescimento muscular (hipertrofia), apesar de não ser fisiologicamente precisa até os dias de hoje, já se conhece há alguns mil anos. O conto do legendário Milo de Crotona da Grécia antiga ilustra bem este ponto.

Milo, atleta de luta livre, para aprimorar a sua força, levantava um bezerro como exercício diariamente. À medida que o bezerro crescia, obviamente crescia a sobrecarga com que Milo realizava o seu treinamento. A reação natural a este processo eram músculos maiores e mais fortes para que Milo pudesse fazer frente à sobrecarga.

Sendo assim, se você quer ganhar massa muscular, obrigatoriamente você deve aplicar o conceito da sobrecarga progressiva no seu treinamento. Em outras palavras, o seu treino deve sempre estar mais pesado.

Se nessa semana você treinou supino levantando x, na próxima semana você deve realizar o mesmo treino levantando x+y. O seu treino sempre deve ser mais difícil que o anterior!

Agora, se você encontra na sua academia alguém que treina há anos e não evolui fisicamente, repare no treino dele. Muito provavelmente ele faz os mesmos exercícios com a mesma carga durante todos esses anos, e por isso não evolui.  

Bom, vamos resumir como deve ser o seu treino de musculação para ganhar massa muscular:

O seu treino deve ser intenso (difícil mesmo)

O seu treino deve evoluir (você deve aumentar a dificuldade gradativamente)

O seu treino deve ser curto: não falamos sobre isso acima, mas o seu treino não pode passar de 1 hora. Você precisa fornecer ao seu corpo o estímulo necessário para que ele evolua, e 1 hora é mais do que o suficiente para que isso aconteça. Quando você treina por mais de 1 hora, você começa a jogar contra o seu objetivo. Lembre-se: você não ganha massa muscular na academia, e sim fora dela.

Utilize os princípios que vimos acima no seu treinamento e colha os frutos. Com certeza você não será um dos que passará anos na academia sem evoluir.

DICA VALIOSA

Se você quer ter expressivos ganhos de massa muscular rapidamente e naturalmente, tenha a certeza de estudar o material Massa Muscular Agora, que é o melhor e mais completo curso que ensina como ganhar massa muscular em língua portuguesa. Você pode obter uma cópia acessando o link abaixo:

MASSA MUSCULAR AGORA (Aprenda passo a passo tudo o que precisa saber para ganhar massa muscular rapidamente).